[Resenha]: "O Jardim dos Esquecidos", de V.C. Andrews





A narradora da história tem 12 anos e chama-se Cathy Dollanganger. Ela e seus três irmãos: Christopher, de 14 anos e os  gêmeos Cory e Carrie, de 4, estão devastados devido a morte repentina  de seu amoroso pai, em um acidente de carro. A mãe das crianças chama-se Corinne e sem o marido encontra-se incapaz de sustentar a família. Por isso, decide voltar à mansão Foxworth Hall, onde vivem seus pais e de onde foi expulsa e deserdada por ter escolhido como marido alguém que o pai não aprovava. 

De volta ao seio da família milionária, Corinne diz aos filhos que eles precisam ficar escondidos no sótão, apenas por alguns dias, enquanto ela tenta recuperar o amor do seu pai, que está a beira da morte. Feitas as pazes, ela apresentaria as crianças ao avô.

No início, a doce Corinne retorna ao sótão diariamente para ver as crianças, trazendo-lhes presentes e prometendo uma vida de riquezas, depois que o pai a nomeasse sua única herdeira novamente. Que os filhos, então, tivessem um pouco de paciência, pois logo seriam libertados... Mas as visitas da mãe foram rareando e Cathy, Chris, e os gêmeos viram sua sobrevivência ser entregue a uma avó cruel e ultra moralista, que lhes impõe tortura psicológica, física e verbal. 

A situação das crianças no sótão é surreal e chocante. Sob a ameaça de que devem viver secretamente na mansão ou a família não herdará um centavo, as crianças veem o confinamento, que deveria durar alguns dias, se estender por anos! Abandonados pela mãe gananciosa, e sem opção, Cathy e Christopher tornam-se pais substitutos para os irmãos mais novos e buscam um no outro conforto para as suas urgências e carências. 

É impossível ler “O Jardim dos Esquecidos” e não ser tomado por fortes sensações, principalmente nas reviravoltas que acontecem no final da trama. É uma história esquisita, assustadora, mas muito envolvente. Gostei!


Título nacional: O Jardim dos Esquecidos
Título original: Flowers in The Attic
Autora: V.C. Andrews
Tradução: Carolina Caires Coelho
Nº de Páginas: 416
Ano de lançamento no Brasil: 2014
Editora: Figurati
Gênero: Thriller psicológico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!