[Resenha]: "A Mulher na Cabine 10", de Ruth Ware





Lo Blacklock trabalha para uma revista de viagens e recebeu a missão dos sonhos: escrever um artigo sobre a viagem inaugural do Aurora Borealis, um luxuoso navio-butique de cruzeiros, que levaria seus elegantes e seletos passageiros a uma viagem pelos fiordes noruegueses. O navio era pequeno, tinha apenas dez cabines luxuosamente decoradas, para um máximo de vinte passageiros. Lo ficou na cabine 9. Numa madrugada, logo no início da viagem, ela acordou com um grito, correu para a varanda da sua cabine e viu o que lhe pareceu um corpo sendo jogado ao mar da cabine ao lado, a cabine 10. Mas quando contou a todos o que aconteceu, ouviu que não havia hóspede na cabine 10 e que não faltava ninguém da lista de passageiros.

A premissa intrigante de um passageiro desaparecido que aparentemente nunca esteve a bordo, me encantou de cara. Mas preciso dizer que tive alguns problemas com a Lo, que é narradora e personagem principal. Ela é repetitiva e insegura, e praticamente todo o tempo está bêbada, de ressaca, cansada ou inquieta. Ela acredita que há um assassino no Aurora Borealis e até inicia por conta própria uma investigação, mas será que ela viu mesmo alguém ser jogado do navio? Sem o crédito dos outros passageiros, ela precisa, no mínimo, da confiança do leitor, mas é difícil acreditar e até mesmo simpatizar com a moça, que tem frequentes ataques de pânico, sofre de privação do sono, toma remédios e bebe além da conta.

Apesar disso, preciso dizer que o livro tem pontos positivos. Destaco dois. O primeiro, é a atmosfera claustrofóbica muito bem descrita na trama. E o segundo, é que artigos de jornais e  mensagens trocadas na internet pelos conhecidos de Lo, são integrados a história em momentos diferentes, dando-nos pistas sobre o que está acontecendo fora do navio e do perigo que Lo corre em investigar o suposto crime. 

De uma maneira geral, esperava mais de “A Mulher na Cabine 10”. Às vezes a história fica meio à deriva, perdida em detalhes desimportantes, às vezes fica confusa devido ao excesso de personagens. Mas o pior mesmo foi a minha pouca conexão com a personagem principal, o que acabou inibindo meu interesse pela história que ela estava contando.

Título nacional: A Mulher na Cabine 10 
Título original: The Woman In Cabin 10
Autora: Ruth Ware
Tradução: Ayda Suer
Nº de Páginas: 320
Formato: eBook Kindle
Ano de lançamento no Brasil: 2017
Editora: Rocco Digital
Gênero: Suspense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!