[Resenha]: "Um Amor Perdido", de Alyson Richman





"Um Amor Perdido" conta a história da estudante de Artes Lenka e do estudante de Medicina Josef, dois jovens judeus-tchecos apaixonadíssimos, que se casam às vésperas dos alemães invadirem a Tchecoslováquia. Antes da chegada dos nazistas Josef consegue fugir para os Estados Unidos com a família. Como esposa, Lenka poderia ter ido também, mas opta por ficar com a sua família em Praga. Quando a ocupação nazista efetivamente acontece, o governo tcheco capitula e Lenka e seus familiares são enviados para o campo de trabalho de Terezin. 

Depois da separação, Josef e Lenka vão alternadamente nos contando como suas vidas se desdobraram. Difícil de passar por essas narrativas sem derramar algumas lágrimas. É muito triste acompanhar Josef na América sofrendo pelo que deixou para trás. E mais desolador ainda é seguir Lenka pelo gueto de Terezin, onde foi forçada a usar seus dons artísticos para elaborar desenhos técnicos para os alemães. Para piorar, o caos nas comunicações provocado pelo conflito, os levam a acreditar que o outro morreu. Essa informação torna cada aspecto de suas histórias separadas ainda mais pungente. 

Este é um livro comovente com uma história inesquecível. Separados pela guerra, mas ligados pela memória, pois seus corações e mentes sempre estiveram conectados, Josef e Lenka serão surpreendidos por um golpe do destino, uma recompensa pelos muitos anos de separação. Eu amei o livro e fiquei ainda mais fascinada quando li na nota da autora, que alguns dos personagens deste romance foram baseados em pessoas reais. Leitura altamente recomendada!

Título nacional: Um Amor Perdido
Título original: The Lost Wife
Autora: Alyson Richman
Tradução: Ana Carolina Mesquita
Nº de Páginas: 337
Formato: eBook Kindle 
Ano de lançamento no Brasil: 2018
Editora: Bertrand Brasil
Gênero: Ficção histórica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!