[Resenha]: "A Garota no Gelo", de Robert Bryndza





A bela jovem Andrea Douglas-Brown, de 23 anos, pertencente a alta sociedade londrina, desapareceu e seu corpo foi encontrado debaixo de uma grossa placa de gelo em um parque ao sul de Londres. A experiente detetive Erika Foster é designada para o caso. Ela acaba de cumprir uma suspensão por ter liderado uma desafortunada ação em que alguns policiais morreram, dentre eles seu marido. Ainda abalada, mas determinada a não fracassar outra vez, Erika se joga de cabeça no trabalho para encontrar o assassino da socialite.

Quando a detetive aprofunda a investigação e encontra uma ligação entre esse crime e a morte de três prostitutas, o pai de Andrea lança mão da sua influência e manipula para que a Detetive Inspetora Chefe Foster seja afastada do caso. Aparentemente, a intenção do milionário é esconder os segredos obscuros da filha para preservar seu status e o bom nome da família.

Erika sabe que desobedecer a determinação imposta por seus superiores é o mesmo que colocar em risco sua carreira e sua própria vida, mas ela desafia a todos e segue teimosamente a procura da verdade. 

Por ter muita ação, reviravoltas e personagens bem desenvolvidos, “A Garota no Gelo” empolga e atrai o leitor para a trama. Desta vez eu não tinha a menor ideia de quem era o assassino. Talentosamente, o autor conseguiu manter o suspense até o fim! Gostei bastante e recomendo.


Título nacional: A Garota no Gelo 
Série: Detetive Erika Foster (Livro 1)
Título original: The Girl in the Ice (Erika Foster #1)
Autor: Robert Bryndza
Tradução: Marcelo Hauck
Nº de Páginas: 405
Ano de lançamento no Brasil: 2016
Editora: Gutenberg
Gênero: Suspense policial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!