Sobre o que vale a pena...


Tem gente que não vale a dor de cabeça. 
Tem coisa que não vale uma gastrite nervosa. 
Entende isso? Não vale. 
Não vale dor alguma, sacrifício algum. 
Com a maturidade 
(em outras palavras: com os parafusos aparafusados direitinho), 
a gente começa a perceber o que merece 
e o que não merece a nossa atenção. 
Isso vale para coisas, pessoas, ideias, sentimentos. 
Tem coisa que não vale um real. 
Outras tantas valem um milhão.  

Clarissa Corrêa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!