[Resenha]: "Correndo Descalça", de Amy Harmon





Diariamente Josie Jo Jensen e Samuel Yates sentam-se ao lado um do outro no ônibus escolar e enfrentam uma viagem de quase uma hora até a escola. Ela tem 13 anos e cursa a sétima série. Ele tem 18 e está no último ano do Ensino Médio. Em comum os dois têm a sensação de não se encaixarem em lugar algum. Josie perdeu a mãe muito cedo e pegou para si a responsabilidade de cuidar do pai e dos irmãos, fato que a fez amadurecer cedo demais. Além disso, é fisicamente mais desenvolvida que as meninas da sua idade. Samuel, por sua vez, é muito quieto, confuso e revoltado, devido ao sentimento de não pertencimento por ser mestiço: meio branco e meio índio. 

Apesar da diferença de idade os dois jovens solitários logo descobrem paixões em comum: literatura e música clássica. Esses temas preenchem suas conversas, endossam seus sonhos e criam uma forte conexão entre eles. Aos poucos a amizade se transforma em amor, mas a pouca idade de Josie faz com que o honrado Samuel adie qualquer plano amoroso por 10 anos. Parece muito tempo, não é? Mas acompanhar esses dois durante esse período vale a pena.

Gostei muito do livro. Os diálogos entre Josie e Samuel são tocantes e bem escritos. Referências das escrituras sagradas, das lendas dos navajos e da vida dos grandes compositores de música clássica, enriquecem o enredo. Mesmo sendo previsível, "Correndo Descalça"  traz a história de um amor verdadeiro, que protege, respeita, espera e persevera.  Uma história linda que vai ficar comigo por muito tempo. 

Este é o segundo livro da autora que eu leio. O primeiro foi o também maravilhoso "Beleza Perdida".


Título nacional: Correndo Descalça
Título original:  Running Barefoot
Autora: Amy Harmon
Tradução: Débora Isidoro
Nº de Páginas: 456
Formato: eBook Kindle  
Ano de lançamento no Brasil: 2018
Editora: Verus
Gênero: Romance

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!