[Resenha]: Lua de Larvas, de Sally Gardner



Título nacional: Lua de Larvas

Título original: Maggot Moon

Autora: Sally Gardner

Tradução: Waldéa Barcellos

Nº de Páginas:  200

Formato: eBook Kindle

Ano de lançamento no Brasil: 2014

Editora: WMF Martins Fontes

Gênero: romance distópico inglês




“Lua de Larvas”, de Sally Gardner, é um romance distópico narrado em primeira pessoa, por Standish Treadwell, um adolescente de 15 anos, disléxico, que logo se mostra idealista e corajoso.

A princípio o livro parece meio confuso, estranho, mas a medida que a narração avança, percebemos o quanto a história, que se passa nos anos 1950, é poderosa. O mundo de Standish lembra fortemente a Alemanha Nazista. É um regime liderado pela Terra Mãe, onde a opressão, a violência e a corrupção são normas. Sob essa ditadura, os opositores (incluindo os pais de Standish), desaparecem rotineiramente, pois nada deve atrapalhar o grande ideal de domínio do Planeta. Para tanto, o Governo está prestes a transmitir para o mundo o primeiro pouso já tripulado na Lua, mostrando, assim, a supremacia da Terra Mãe. 

Standish vive com o avô na Zona Sete, local pobre, isolado e de onde dificilmente alguém sai. A Zona Sete é habitada pelos não colaboradores e pelos impuros como Standish, que tem olhos de cores diferentes, um azul e um castanho, e é o único, na turma inteira, que não sabe ler nem escrever. Apesar de estigmatizado, Standish Treadwell não abre mão de sonhar. Ele e seu melhor amigo Hector, imaginam fazer uma viagem espacial para um mundo parecido ao que viam clandestinamente na TV – algo como uma versão do sonho americano dos anos 1950 – Cadillacs, sorvetes, “croca-cola”. Um mundo tolerante, sem opressão!  Esse sonho dava sentido àquela vida tão sem sentido, que eles levavam. 

Mas, quando, de repente, Hector foi levado embora, Standish decide que precisa fazer alguma coisa. Fortuitamente, ele descobre uma grande farsa que está sendo montada pelo Governo, e resolve desmascarar a Terra Mãe publicamente, mostrando ao mundo livre como o regime totalitário em que vive é cruel e mentiroso.

Muito bem escrito e original, o enredo de "Lua de Larvas" abre espaço para reflexão sobre a nossa História Contemporânea. Recomendo.


Sobre este livro...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!