[Resenha]: "Encontros no Parque", de Hilary Boyd





“Encontros no Parque” retrata a solidão de uma esposa em um casamento longo e monótono, feliz apenas na aparência. Prestes a completar 60 anos, Jeanie começa a questionar sua vida. Ela é uma pessoa ativa, proprietária de uma loja de produtos naturais, em Londres, e não aceita a forma como o marido George vive. Recém aposentado, ele é incapaz de entender que a aposentadoria significa liberdade, e não o fim da linha. 

George é um marido controlador e distante. Há dez anos não dorme com Jeanie, mas acha que tem um casamento perfeito. A reação dela àquele relacionamento sem brilho, começou quando conheceu Ray, em um parque. A conexão foi imediata e novos encontros transformaram-se em momentos preciosos para eles, porque conversavam, riam, dividiam sonhos e segredos, e, acima de tudo, ofereciam um ao outro uma segunda chance para o amor.

Devido ao tema, não sei se “Encontros no Parque” agradará a todos, mas eu, do alto dos meus muitos anos, agradeço à Hilary Boyd por abordar um assunto tão raro: o amor na Terceira Idade ou no outono da vida, como sugere a capa. Gostei bastante e concordo que não existe idade certa para amar, o amor é um sentimento forte e surge quando encontramos aquela pessoa única, que nos compreende, respeita e valoriza. 


Título nacional: Encontros no Parque
Título original: Thursdays in the Park
Autor: Hilary Boyd 
Tradução: Eliane Fraga
Nº de Páginas: 281
Formato: eBook Kindle
Ano de lançamento no Brasil: 2014
Editora: Record
Gênero: Romance

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você por aqui!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique à vontade!
Bjs da Cris!