Por isso eu gosto tanto...


O cinema não tem fronteiras nem limites. 
É um fluxo constante de sonho.

Orson Wells

Imagem: Mark Ruffalo dirigindo "O Enviado" (2010)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você por aqui!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique à vontade!
Bjs da Cris!