Gentileza...


Pequenas gentilezas, na verdade, não são pequenas coisa nenhuma: 
serão sempre imensas. 
A gente fica esperando grandes ações pacifistas dos líderes mundiais 
e acaba não exercitando esse pacifismo no dia-a-dia, nas relações humanas. 
Algumas pessoas consideram a gentileza uma forma de submissão, de fraqueza, 
e acabam elegendo a arrogância e o desprezo como atitude. 
Pra estes, não existe solução, serão babacas eternos. 
Mas para quem anda esquecendo de exercer a gentileza 
apenas por falta de estímulo, 
está aí uma dica banal e eficientíssima: use o computador que está na sua frente. 
Gentileza não é puxa-saquismo. 
É um hábito elegante, dietético e despoluente: 
sério, perde-se peso existencial e até o ar que a gente respira fica mais leve.

Martha Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade! Mas, seja gentil, ok!
Mensagens ofensivas não serão publicadas.
Bjs da Cris!