Arte...

Mural 'Etnias', do artista Kobra, no Boulevard Olímpico da Praça Mauá (Foto: Gael/Riotur).
 O Guinness Book declarou o grafite como maior do mundo.

Através da arte, nos aproximamos de outras vivências e combatemos nossos preconceitos. A arte é empática. Elimina fronteiras. Desconstrói rótulos. Mesmo quando comercial, traz sempre um valor intrínseco. A arte não tem que atender nossas demandas, não tem que ser "boazinha", não tem que ser prática - ela existe para provocar, para desenterrar aquilo que escondemos de nós mesmos por covardia: emoção dói, por isso choramos. Ela recupera a inocência a infância, aquele tempo de descobertas, quando nada sabíamos. A arte formula perguntas, nos devolve o mistério, nos coloca diante o desconhecimento, que é a única forma de crescer. A arte impõe a subjetividade como caminho para a evolução.

Martha Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!