Amor...


Há quem acredite que o amor é medicamento.
Pelo contrário.
Se você está deprimido, histérico ou ansioso demais, o amor não se aproxima,
e caso o faça, vai frustrar sua expectativa,
porque o amor quer ser recebido com saúde e leveza,
ele não suporta a ideia de ser ingerido de quatro em quatro horas,
como um antibiótico para combater as bactérias da solidão
e da falta de auto-estima.
Você já ouviu muitas vezes alguém dizer: “Quando eu menos esperava,
quando eu havia desistido de procurar, o amor apareceu.”
Claro, o amor não é bobo, quer ser bem tratado,
por isso escolhe as pessoas que, antes de tudo, tratam bem de si mesmas.

Martha Medeiros

Crédito da ilustração: paltrypainting

P.S.: A ilustração fofíssima deste post mostra Nick e Jess, do seriado "New Girl". 

2 comentários:

  1. BOM DIA CRIS ! AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO. ESSE É O PRIMEIRO MANDAMENTO E QUE VALE TANTO PARA O PRÓXIMO QUANTO PARA NÓS MESMOS POIS, NINGUÉM CONSEGUE AMAR ALGUÉM SEM AMAR PRIMEIRO A SI MESMO ,ESTAR BEM PARA FAZER O BEM AO OUTRO.BEIJOS AMIGA.MARCIA BABY.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Márcia!

    Concordo plenamente com você! Gostar da gente mesmo é o 1º passo para gostar dos outros.

    Bj

    ResponderExcluir

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!