Memória fraca...


“A memória de um peixinho dourado dura só três segundos. Então, depois de uma volta pelo aquário, tudo é novidade. Cada vez que dois peixinhos se vêem, é como se fosse a primeira vez. É como nós humanos. Cada nova paixão é como se fosse a primeira. Uma reação química apaga a lembrança da última dor de amor… e nós pensamos: "Puxa, isso é maravilhoso, isso é novo, é diferente!" (Citação do Filme “Todas as Cores do Amor”)

Mesmo não tendo ideia de como se testa a memória de um peixinho, eu aceito a metáfora e concordo com o que disse, num dia inspirado, a atriz Ingrid Bergman: "Felicidade é ter boa saúde e memória ruim."

Crédito da imagem: Tumblr

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!