[Resenha] "Quase Casados", de Jane Costello


Em “Quase casados”, de Jane Costello, conhecemos Zoe Moore, uma jovem inglesa de Liverpool, de 28 anos, que foi abandonada no altar pelo noivo. Muito desiludida e decidida a recomeçar, ela aceita um emprego de babá nos Estados Unidos. 

Em Hope Falls, perto de Boston, Zoe vai cuidar da menina Ruby, que tem quase 6 anos, e de Samuel, que acabou de fazer 3; pimpolhos adoráveis, filhos de Ryan Miller um viúvo deslumbrante, alto e sarado, mas muito mal humorado.

Bem, não é preciso ter muita imaginação para antever que Zoe e Ryan vão se interessar um pelo outro e que o passado da moça, na figura do noivo fujão, vai dar uma perturbada na situação. Apesar de previsível, o enredo é legal, mas não foi bem desenvolvido. Provavelmente porque há personagens demais ou, então, porque Ryan passa de ogro a um ser agradável rápido demais ou, então, por causa do exagero de trapalhadas em que a mocinha se vê envolvida. Ficou meio forçado! Mas para mim, o que pegou mesmo, foi a falta de emoção, de paixão. Não é que Ryan e Zoe não sejam interessantes, é que faltou algo especial na história deles e, por isso, o romance não me convenceu. Faltou liga… 

Título: Quase Casados
Título original: The Nearly-Weds
Autor: Jane Costello
Tradução: Ryta Vinagre
Páginas: 369
Formato: eBook Kindle
Ano de lançamento no Brasil: 2014
Editora: Record
Categoria: Literatura Inglesa / Romance

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!