O fim...


Em minha experiência, algumas amizades florescem na adversidade, mas outras se dobram e se quebram com a tensão, como uma árvore na tempestade. As raízes permanecem debaixo da terra, como um lembrete daquilo que um dia foi tão alto, mas não é mais uma parte visível da paisagem da vida. De certa forma é triste, porque a árvore já não lhe traz alegrias diárias, com sua força, sua presença e sua beleza. Mas também não pode mais lançar sombras.

Ali Harris, no livro "O Primeiro Último Beijo"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!