[Resenha] "Quando a Bela Domou a Fera", de Eloisa James



“Quando a Bela Domou a Fera”, de Eloisa James, é uma mistura curiosa de um dos mais lindos contos de fadas que existe (A Bela e a Fera), com um popular seriado da televisão (Piers é a  versão do irascível doutor de "House"), que resultou num romance emocionante que mescla humor e paixão na dose certa

Linnet Berry Thrynne é uma moça adorável e inteligente, cuja beleza faz muito sucesso nos salões de Londres. Após ver o seu nome envolvido em um escândalo, ela precisa, e muito, de um marido.

Piers Yelverton, o conde Marchant, é um médico brilhante, que vive no País de Gales, em seu castelo transformado em hospital. Quando criança sofreu um acidente, que feriu gravemente sua perna e, por isso, ele manca e usa bengala para se locomover. Convivendo com uma tremenda dor crônica, Piers é um sujeito intratável. Devido ao seu péssimo humor, é conhecido como “Fera”. Ele é do tipo que intimida as pessoas, evita qualquer coisa que se assemelhe ao carinho dos outros e não tem planos de se casar e produzir um herdeiro.

O encontro entre  Linnet e  Piers, a Bela e a Fera, acontece graças a duas grandes suposições: a gravidez dela e a impotência dele. O pai de Linnet - desesperado por um noivo para a filha - e o pai de Piers - desesperado por um herdeiro para o filho - planejam a solução perfeita: o casamento de Linnet com Piers.  Entretanto, nas primeiras conversas, o casal se dá conta que não há gravidez alguma e muito menos impotência. O que há na verdade é uma química fortíssima e um grande fascínio mútuo.  Piers percebe que Linnet é a mulher perfeita para ele mas, intimamente, acha que ela merece alguém melhor. Já Linnet, se vê tão envolvida e apaixonada que não pensa em outra coisa que não seja acabar com a relutância de Piers em se comprometer. 

Ver Linnet não se intimidar com o mau humor de Piers, provocar nele gargalhadas com sua espirituosidade, ensiná-lo a se livrar de antigas mágoas e seguir o próprio coração, é o que há de melhor no livro. Os diálogos entre eles são afiados, engraçados, maravilhosos! Eles se provocam o tempo todo, fingem que não se querem, quando a gente sabe que o que cada um mais deseja é passar a vida ao lado do outro.

“Quando a Bela Domou a Fera” é a releitura criativa de um conto clássico. Traz uma roupagem nova, mas preserva a mensagem original: a importância de se valorizar, nos relacionamentos humanos, a beleza interior em detrimento da exterior. Eu gostei muito!


Livro: Quando a Bela Domou a Fera  
Título original: When Beauty Tamed the Beast
Autor: Eloisa James
Tradução: Thalita Uba
Páginas: 320
Ano de lançamento no Brasil: 2017
Editora: Arqueiro
Categoria: Literatura estrangeira / Romance de Época

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!