Eu li: "O Ano em que te Conheci"


"O Ano em que te Conheci", de Cecelia Ahern, acompanha a história de Jasmine e Matt durante um ano inteiro. Conforme as estações do ano passam, uma amizade entre eles, aparentemente improvável, começa a florescer.

Jasmine foi demitida do trabalho que ela amava, algumas semanas antes do Natal. Sendo roubada da sua rotina, sente-se inútil como se uma parte muito importante da sua autoestima tivesse sido reduzida drasticamente. Ela precisa de um objetivo, um desafio, um propósito.

Sofrendo de insônia, ela começa a espreitar o morador da casa em frente a sua. Ele é Matt Marshall, locutor na maior estação de rádio da Irlanda. Ele comanda um talk show que, segundo Jasmine, é um ponto de encontro para que o ódio e o racismo ganhem voz, mas apresenta isso como liberdade de expressão. Para Jasmine, Matt é tudo o que ela não gosta nas pessoas. Geralmente ele chega em casa de madrugada, bêbado, dirigindo em alta velocidade e com o rádio no último volume, desrespeitando solenemente a vizinhança. 

Desrespeitoso, inclusive, foi o tom que ele usou em um de seus programas sobre os direitos dos deficientes. Jasmine, que tem uma irmã portadora de síndrome de Down, passou a detestá-lo ainda mais.

Por uma coincidência da vida, na véspera do Ano Novo Matt foi suspenso do trabalho. Ele resolveu transmitir o som de uma mulher tendo um orgasmo e o público não gostou. Por isso, ele foi afastado da rádio. A partir daí, Matt e Jasmine irão dispor de muito tempo livre. Tempo suficiente para uma aproximação e uma reavaliação. Tempo para deixar de lado o preconceito e se redescobrir. 

O enredo de "O Ano em que te Conheci" é interessante, mas não gostei da forma como foi desenvolvido. Fiquei meio frustrada porque a história não tem um clímax, é morna. Matt tem uma esposa: Amy. Jasmine tem um namorado: Monday. Mas não torci pelos casais. A esposa e o namorado  passam meio que superficialmente pela trama e, por causa disso,  não convencem.  No entanto, me levaram a um questionamento: como seria a história de Matt e Jasmine se seus pares não existissem? Ao meu ver, infinitamente melhor.

O que posso afirmar é que, no geral, "O Ano em que te Conheci" é razoável. Se você nunca leu nada de Cecelia Ahern, não comece por esse livro. Leia os maravilhosos: "PS: Eu te Amo" e "Simplesmente Acontece". Esses sim, valem a pena. 

Livro: O Ano Em Que Te Conheci
Título original: The Year I Meet You
Autor: Cecelia Ahern
Tradução: Ana Paula Corradini
Páginas: 331
Ano de lançamento no Brasil: 2016
Editora: Novo Conceito
Categoria:  Literatura Estrangeira / Romance 
Preço: R$20,90 (em 14/09/2016, na www.amazon.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade! Mas, seja gentil, ok!
Mensagens ofensivas não serão publicadas.
Bjs da Cris!