Eu li: "Cinco Dias"


Em "Cinco Dias", Julie Lawson Timmer conta a história de duas pessoas: Mara Nichols e Scott Coffman. Mara é uma advogada bem-sucedida, esposa e mãe dedicada, que sofre da doença de Huntington, uma doença neurológica degenerativa que resulta na destruição das células do cérebro e na perda do controle do corpo. Scott é um professor do ensino fundamental que toma para si e sua esposa a tarefa e cuidar de um garoto de oito anos enquanto a mãe do menino cumpre pena na prisão.

Os dois têm cinco dias... Ao final desses Mara irá se suicidar para poupar a família de cuidar dela nos estágios finais da doença,  e Scott terá que devolver o menino que está a seus cuidados (e de quem gosta muito) à mãe biológica, que sairá da prisão.

Apesar dos temas tensos e intensos eu não me emocionei com o livro. Senti dificuldade em relacionar as duas histórias e, pior, não consegui sentir o que os personagens estavam sentindo. Acho que isso se deveu ao fato de saber desde o início o que ia acontecer, principalmente com a Mara. Ou, talvez, pelo fato de os dois personagens nunca terem se encontrado pessoalmente. Há uma tênue ligação entre eles porque ambos frequentavam anonimamente um fórum on-line sobre assuntos relacionados à criação de filhos e trocavam mensagens entre si. Mas é só isso! Na verdade senti falta de um entrelaçamento maior entre as duas histórias. Entretanto, saber que  Mara e Scott estavam em contagem regressiva para dizer adeus àqueles que amavam, criou a expectativa necessária para acompanhar a trama e chegar ao final da livro. 

Livro: Cinco Dias
Título original:Five Days Left
Autor: Julie Lawson Timmer
Tradução: Ana Paula Corradini
Páginas: 366
Ano de lançamento no Brasil: 2015
Editora: Novo Conceito
Categoria:  Literatura Estrangeira / Romance
Preço: R$18,70 (em 15/02/2016, na www.amazon.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade! Mas, seja gentil, ok!
Mensagens ofensivas não serão publicadas.
Bjs da Cris!