Eu li: "O Dia Seguinte"


Após a derrota da Alemanha na Segunda Guerra Mundial, os vencedores dividiram seu território em zonas de ocupação. Na parte que coube aos britânicos, foram distribuídos folhetos com as seguintes instruções: "Você deve manter-se afastado dos alemães. Você não deve andar com eles ou apertar suas mãos ou visitar suas casas".

Em 1946, o Coronel Lewis Morgan chega neste mundo de edifícios destruídos e espíritos quebrados, encarregado da reconstrução e desnazificação no distrito controlado pelos britânicos englobando Hamburgo. 

Para que se estabelecesse, foi requisitada para o Coronel uma bela casa, nas margens do rio Elba, onde ele passaria a viver em companhia da esposa Rachael, e do filho, Edmund. A requisição das melhores casas era comum, e ao tomar posse o oficial deveria expulsar os antigos proprietários alemães. Entretanto, diferentemente dos demais, Lewis não via os alemães como inimigos, mas sim como um povo duplamente esmagado: primeiro por Hitler e, em seguida, pelos aliados. E, por isso, permitiu que o dono, o ex-arquiteto Herr Lubert, e sua filha, Frieda,  permanecessem e dividissem a residência com ele.

Ainda consumida pela dor da perda do filho mais velho durante um ataque aéreo alemão, Rachael se opõe à ideia e, assim como os colegas de Lewis, não compreende a generosidade do marido. Por sua vez, Frieda, que perdeu a mãe no bombardeio a Hamburgo orquestrado pelos Aliados, demonstra toda sua hostilidade aos novos moradores.

Logo fica evidente que a casa do Elba se transformará num local onde os preconceitos serão testados, as emoções despertadas e pontos de vista alterados.

Algumas expressões e frases em alemão, sem as respectivas traduções e o fim um tantinho apressado da história, são os únicos pontos negativos que encontrei no livro de Rhidian Brook. No geral, é uma leitura envolvente que pondera questões de decência, culpa e perdão, em um mundo devastado pela guerra.

Livro: O Dia Seguinte
Título original: The Aftermath
Autor: Rhidian Brook
Tradução: Alexandre Martins
Páginas: 270
Ano de lançamento no Brasil: 2014
Editora: Intrínseca
Categoria:  Literatura Estrangeira - Romance
Preço: R$ 31,90 (Livraria Saraiva, em 02/01/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!