Eu li: "Ligeiramente Casados"


"Ligeiramente Casados", de Mary Balogh, é o meu tipo de romance favorito, é de época (se passa no século XIX) e mostra uma história de amor que vai sendo construída aos poucos, página a página.

À beira da morte, em um campo de batalha das Guerras Napoleônicas, o capitão Percival Morris faz um último pedido a seu oficial superior, coronel lorde Aidan Bedwyn: que ele leve a notícia de seu falecimento a sua irmã Eve e que a proteja a todo custo.

Sendo um homem de palavra, o coronel procura por Eve Morris  e descobre que a morte prematura do irmão fará com que ela perca a sua fortuna e a próspera propriedade que administra... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele - o que acontecerá em quatro dias.

Fiel a sua promessa, o coronel Aidan propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Eve aceita e fica combinado que depois da cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar.

E assim deveria ser, mas... várias situações e circunstâncias fizeram com que Eve e Aidan permanecessem juntos e os dois vão aprendendo cada dia um pouco mais a respeito do outro e se admirando cada vez mais, e o que no início era apenas conveniência acaba se transformando em uma grande paixão.

Livro: Ligeiramente Casados
Título original: Slightly Married
Autor: Mary Balogh
Tradução: Ana Rodrigues
Páginas: 288
Ano de lançamento no Brasil: 2014
Editora: Arqueiro
Categoria:  Literatura Estrangeira - Romance
Preço: R$ 29,90 (Livraria Cultura, em 13/12/2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!