A meia-idade é o começo do fim?



É nada.
Para quem tem saúde e mente aberta,
é tudo que pedimos a Deus: uma adolescência madura
e, o que é melhor, sem espinhas.

Queixas e lamentações provocam cegueira.
Abram os olhos: nosso prazo de validade foi prorrogado.
A desesperança ainda pode ser substituída por projetos e realizações.
Quem tem 30 está dando os primeiros passos.
Quem tem 20, engatinha.
E quem tem menos, vai cruzar a reta dos 100 dando cambalhota.

Vive mais quem não perde tempo.

Martha Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!