Esquentar, pra quê?


Óbvio que vou morrer, todo mundo sabe que vai morrer um dia,
mas a gente evita pensar nesse assunto desagradável.
No entanto, tenho pensado na morte não como uma tragédia,
mas como um recurso para desencanar dos problemas,
e então a morte se torna, ulalá, um paliativo:
daqui a vinte anos*, mais ou menos, eu não vou estar mais aqui.
O que são vinte anos*? Um flash.
Todas as minhas preocupações desaparecerão.
Nada do que eu sinto ou penso permanecerá,
ao menos não para mim mesma -
o que as pessoas lembrarem de mim será de responsabilidade delas.
Eu vou evaporar. Sumir. Escafede-me.
Então pra que me preocupar com bobagem?

Marta Medeiros

* No original: quarenta anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!