Carta para Eduardo...



Você ainda não nasceu, mas já está em nossos pensamentos, nos nossos corações, nas nossas vidas. Em breve você estará aqui, entre nós. Seja bem-vindo! 

O mundo gira, gira... Os acontecimentos não param. Neste ano, por exemplo, o último antes de você nascer, o tomate chegou a custar mais de R$ 10,00 (um roubo!). A Vila Isabel foi a campeã do Carnaval carioca. O Papa Francisco esteve por aqui e comoveu e encantou a todos. O Museu de Arte do Rio (MAR) foi inaugurado (eu já planejo levar você lá). Aconteceram muitos protestos nas ruas contra a corrupção (Sim, querido, existem alguns políticos que envergonham nosso país!). A Seleção Brasileira de Futebol sagrou-se tetracampeã da Copa das Confederações. (Brasil! Braasil! Braaaasil!... Será que você vai gostar de futebol?). E cinema? Será que você vai puxar a vovó Cris e curtir de montão? Tomara que sim, Eduardo, pois muito pouca coisa nesta vida é melhor do que um bom filme.

Apesar das suas grandes contradições, o mundo não é ruim, Eduardo. Há gente ruim, é verdade, mas existem muitas pessoas boas. Seu papai e sua mamãe encabeçam a lista dos 100% legais.  Seu pai, é um grande cara. Grande mesmo! Pra conversar com ele, eu preciso olhar para cima. Imagina você, então! Tenho certeza que ele será seu melhor amigo, seu super-herói. Prepare-se para disputar com ele grandes partidas de vídeo game! Entretanto, não haverá neste mundo ninguém mais paciente, mais condescendente e mais dedicada a você do que sua mamãe. E aqui vai um conselho da vó Cris ( o 1º de muitos!): confie na intuição dela. Sempre. 

Você será cercado por muitas mulheres: sua mãe, suas tias, eu, sua outra vovó... Um séquito a seu dispor, para proteger, dar colo e amar muito você. Tenha certeza disso. 

2014 será o seu ano. Você chegará a esse mundão de meu Deus e começará a trilhar seu caminho, escrever sua história. Que sua estrada seja infinita, iluminada, amorosa, divertida e feliz.

Beijos da vó que te aguarda ansiosamente

2 comentários:

  1. Sem palavras. Emocionante e inspirador. Nietzsche, em "Assim falou Zaratustra", insinuou que pra que alguém seja feliz, basta que se encontre um momento que se deseja ser eterno e fazer dele o centro de gravidade da sua vida. A leitura da sua carta é meu mais novo baricentro.

    ResponderExcluir
  2. Excelente retrospectiva sobre 2013, um ano que nos trouxe esperança e grande expectativa de um nascimento que marcará para sempre nossas vidas. Nosso Eduardo já virá a este mundo com uma carga enorme de generosidade, pois nos ensinará o real significado de ser pai e mãe.

    ResponderExcluir

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!