Eu assisti: "Antes da Meia-Noite"


"Antes da Meia-Noite" é o terceiro filme do diretor Richard Linklater sobre o casal Jesse (Ethan Hawke) e Celine (Julie Delpy). O primeiro longa da trilogia foi "Antes do Amanhecer" (1995), quando Celine e Jesse são dois jovens que se encontram em um trem e imediatamente sentem uma forte atração. Em Viena, eles decidem descer do trem e passar o dia inteiro conversando e se conhecendo. Nove anos depois eles se reencontram  em  “Antes do Por-do-Sol” (2004), que pode ser definido como um sopro de esperança para duas pessoas frustradas com o caminho que seguiram na vida. Mais nove anos se passam e "Antes da Meia-Noite" nos mostra Jesse e Celine à beira da meia-idade, casados, com filhos e tentando equilibrar a vida familiar. Certamente, o tom deste último é mais dramático, pois os problemas são mais graves, uma vez que eles não estão mais lidando com a promessa do amor juvenil,  mas sim com o amor desgastado pelo peso da convivência. 

Em "Antes da Meia-Noite", Jesse e Celine percebem que sua união tem rachaduras que devem ser reparadas. O que começou como um emocionante e despreocupado romance, evoluiu para algo que requer trabalho real para se manter forte. No entanto, Jesse está expressando interesse em voltar a viver em Chicago, para ficar mais próximo ao filho, fruto do seu primeiro casamento. Já Celine, quer se concentrar em uma nova oportunidade de trabalho em Paris. Esse conflito é apenas o ponto de partida para os dois discutirem profundamente a relação. Aliás, um ponto positivo da série é mostrar que a arte de uma boa conversa, com diálogos bem concebidos, pode ser mais fascinante e interessante do que uma perseguição de carro, por exemplo.

O longa pode ser menos ensolarado e esperançoso do que seus antecessores, mas Linklater e seus co-roteiristas Delpy e Hawke, nos brindam com um filme honesto e profundo. É uma perspectiva mais madura, mas o envolvimento, a intimidade, o romantismo foram mantidos. E a cumplicidade e a química entre a dupla de atores (as performances de Ethan Hawke e Julie Delpy são incríveis!), dão mais veracidade ao amor do casal e mais realidade à crise que eles estão passando. 

Cada filme da série retrata apenas um dia na vida do casal, em diferentes épocas e locais. No 1º filme, eles estão em Viena. No 2º, em Paris, No 3º, na Grécia. A história do casal é tão linda, que um dia só de suas vidas foi suficiente para que eles se tornassem inesquecíveis. Vale muito a pena assistir!

Em 1995: O primeiro encontro. Em 2004: O reencontro. Em 2013: O final (?) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!