Eu assisti: "As Sessões"


"As Sessões", inspirado nos escritos autobiográficos do jornalista e poeta Mark O'Brien (interpretado por John Hawkes), conta a história de um homem que por causa da poliomielite, vive a maior parte de sua vida preso a uma maca e a um pulmão de ferro (respirador artificial), e está determinado - aos 38 anos - a perder sua virgindade. Com a orientação de seu padre (interpretado por William H. Macy) e da "sex surrogate" (ou parceira sexual substituta), a terapeuta Cheryl Cohen-Greene (interpretada por Helen Hunt), ele transforma seu sonho em realidade.

Mark O'Brien viveu até 1999 e tornou-se uma das principais vozes pelos direitos das pessoas com necessidades especiais nos EUA. A terapeuta Cheryl Cohen-Greene, hoje uma veterana desta peculiar profissão, encontra-se ainda na ativa e foi consultora do longa-metragem.

O desempenho de Helen Hunt é magnifico e John Hawkes merece muitos elogios pela entrega a seu personagem. Apesar do tema, o diretor Ben Lewin nos presenteia com uma obra sem abusos e apelação. Há sim muita sensibilidade e delicadeza. Vale a pena assistir "As Sessões".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!