Não basta amar...


Entre casais que se unem visando a longevidade do matrimônio
tem que haver um pouco de silêncio, amigos de infância,
vida própria, independência, um tempo para cada um.
Tem que haver confiança. Uma certa camaradagem:
às vezes fingir que não viu, fazer de conta que não escutou.
É preciso entender que união não significa, necessariamente, fusão,
E que amar, solamente, não basta.

Entre homens e mulheres que acham que amor é só poesia
tem que haver discernimento, pé no chão, racionalidade.
Tem que saber que o amor pode ser bom, pode durar para sempre,
mas que sozinho não dá conta do recado.
O amor é grande mas não é dois.
É preciso convocar uma turma de sentimentos
para amparar esse amor que carrega o ônus da onipotência.
O amor até pode nos bastar, mas ele próprio não se basta.

Martha Medeiros

Crédito da imagem: tbdress-club

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade!
Bjs da Cris!