Muita calma nessa hora...


Associamos diversas palavras ao amor:
paixão, romance, sexo, adrenalina, palpitação.
Esquecemos, no entanto, da palavra que viabiliza esse sentimento:
paciência.
Amor sem paciência não vinga.
Amor não pode ser mastigado e engolido com emergência, com fome desesperada.
É preciso degustar cada pedacinho do amor,
no que ele tem de amargo e de saboroso,
no que ele tem de duro e de macio,
os nervos do amor, as gorduras do amor, as proteínas do amor,
as propriedades todas que ele tem.
É uma refeição que pode durar uma vida.

Martha Medeiros

Crédito da imagem: Tumblr

Um comentário:

  1. É! MAS O AMOR PODE SER INDIGESTO TAMBÉM,PODE SER DURO COMO UMA PEDRA,AMARGO COMO O FEL,INTOCÁVEL COMO O VENTO,AS VEZES TÃO DISTANTE QUE NEM OS APARELHOS MAIS SOFISTICADOS PODEM ALCANÇA-LO.SE É PRECISO TER PACIÊNCIA ?É SEM DÚVIDA. O PROBLEMA É QUE MUITAS VEZES NÃO HÁ TEMOS E QUEREMOS EXIGÍ-LA DOS OUTROS, AI QUE MORA O PERIGO.QUEM VAI TE DAR O QUE TAMBÉM NÃO TEM ? POR ISSO CHEGUEI A UMA CONCLUSÃO,"NÃO BUSQUE A PAZ NOS OUTROS, ELA DEVE ESTAR PRIMEIRO DENTRO DE VOCÊ,JAMAIS ELA VIRÁ DE FORA".AS VEZES DESESPERADOS,BUSCAMOS NOS NOSSOS PAIS,MARIDO,FILHOS,AMIGOS,RELIGIÃO(NÃO QUE ELES NÃO TENTEM NOS AJUDAR) E NADA PARECE RESOLVER.COMO DIZ O POEMA ACIMA O AMOR SÓ DURA COM MUITA PACIÊNCIA DA NOSSA PARTE.BJS.MARCYA BABY.

    ResponderExcluir

Muito legal ter você aqui no nosso "News"!
Quer deixar um recadinho, comentário, sugestão?
Fique a vontade! Mas, seja gentil, ok!
Mensagens ofensivas não serão publicadas.
Bjs da Cris!